Proteção solar – herança para os nossos pequenos

Cada vez mais, pais e avós têm investido em ações preventivas (camisetas de proteção solar, protetor solar etc) para garantir a saúde e bem-estar dos pequenos daqui até a posteridade.

O avanço da tecnologia possibilitou descobrir precocemente várias doenças genéticas e criar métodos de controle para garantir mais segurança para as crianças e reduzir a incidência de algumas doenças. O conceito da medicina preventiva tem crescido gradativamente e além do investimento em medicamentos, constata-se que a mudança de hábitos e comportamentos pode ser a base de boa parte dos resultados futuros.

No caso do câncer de pele, embora ele seja incomum em crianças, o dano solar que posteriormente poderá resultar em câncer de pele é cumulativo desde a infância. A pele da criança, particularmente a do bebê, é mais sensível que a do adulto e medidas de segurança e proteção precisam ser tomadas desde as primeiras exposições solares.

As crianças, em média, se expõem ao sol 3 vezes mais que os adultos, por isso é importante que sua pele seja protegida desde cedo.

Existem evidências de que uma única exposição solar intensa, que resulte em bolhas, na infância, pode dobrar os riscos do aparecimento de câncer de pele na idade adulta.

Então siga algumas recomendações importantes para proteger as crianças:

– Bebês devem tomar sol até as 9h da manhã;

– Antes dos 6 meses de idade, consulte o pediatra sobre o protetor solar, lembrando que ele possui substâncias químicas que podem ser tóxicas/alérgicas para esta faixa etária;

– Após os 6 meses de idade, recomenda-se o uso de protetor solar infantil fator 50 FPS, que não são tão absorvidos pela pele e são mais resistentes à água;

– Verifique sempre o prazo de validade do produto;

– O uso de Camiseta de proteção solar UV FPU50+ Zuzaboo”, dispensa reposição, protege a áreas do corpo que mais sofrem com os raios solares e a proteção dura enquanto durar a camiseta;

– As áreas que ficam expostas ao sol precisam de reposição do protetor solar a cada 4 horas.

– Consulte sempre um pediatra ou dermatologista antes de expor seu bebê ao sol.

 

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Siga a Zuzaboo nas redes sociais!