Cair e se machucar: o melhor encorajamento de todos!

Correria, brincadeiras, pulos, agitação de um lado para o outro e de repente um tombo! Esse roteiro acontece de maneira frequente com todas as crianças. Mas afinal, o quão encorajador pode ser um machucado?

É claro que, dependendo do tombo e seu machucado, a preocupação deve ser extrema. Mas na maioria das vezes, quando as crianças caem após alguma atividade ou brincadeira, o “sofrimento” não passa de susto perante ao ocorrido e às reações dos que estão presentes. Ao ver seu pequeno ou pequena cair, evite demonstrar preocupação em excesso e/ou desespero. Isso só fará com que a criança se intimide e crie um trauma prejudicial.

As brincadeiras são partes fundamentais do crescimento, pois permitem aprendizados de forma lúdica, criativa e empírica, o que será de vital importância para o crescimento de sua criança.

Portanto, um machucado leve não pode impedir que ela interrompa este processo. Um tombo em uma brincadeira nada mais é do que um contratempo cotidiano, igual a outros que ainda virão. Por isso, encoraje cada vez mais seu filho ou filha a brincar, descobrir, desbravar e experimentar a vida!

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Siga a Zuzaboo nas redes sociais!